terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Educação pessoal libertadora
José Manuel Moran
Educadores são os que contribuem para ajudar-nos a evoluir, a ampliar nossos horizontes em todos os campos e a que possamos fazer escolhas cada vez mais realizadoras, abrangentes e interessantes. Tem pessoas que nos ensinam algumas coisas (e podem ser bons profissionais) e tem outras, que nos ajudam a perceber mais, a ampliar horizontes, a motivar-nos para viver melhor e que torcem pelo nosso sucesso como pessoas; essas, além de bons profissionais, são bons educadores.
Quando vejo tantas pessoas escolarizadas, dando tanto valor a futilidades, a múltiplas aparências, sacrificando-se na ânsia de possuir mais bens, agitando-se nas borbulhas de qualquer distração, satisfeitas na superficialidade de ritos repetidos e, provavelmente, vazios, percebo que a educação de alguma forma falhou, mesmo que formalmente elas tenham obtido muitos diplomas e sejam, em alguns aspectos, bem sucedidas.
Na educação pessoal precisamos olhar o todo, o resultado mais amplo e de longo prazo e não só o sucesso profissional e econômico. As pessoas aprendem a gerenciar bem suas vidas? Aprendem a lidar bem com a complexidade de opções em todos os campos (pessoal, familiar, profissional, social)? Tem condições de analisar idéias, valores, escolhas possíveis tão diferentes, numa sociedade tão contraditória? Conseguem ser criativas, ter independência de pensamento, de resistir à sedução de qualquer novidade, de ser meros alto-falantes de qualquer opinião emitida pela mídia? Conseguem enxergar além das seduções imediatas do consumo, do glamour do mundo das modas, da efervescência juvenil, do deslumbramento com o sucesso fácil? Conseguem ter motivação profunda para viver? Conseguem encontrar uma relativa paz interior e realização autênticas?
Olhando na perspectiva dos resultados pessoais obtidos, a educação social parece bastante pobre e inconsistente. São muitas as pessoas que não acham sentido no que fazem, na forma como vivem, nas tarefas que desempenham. São muitos os que mais sobrevivem do que plenamente vivem. Aprenderam muitas coisas, menos as principais.
É importante pensar na educação que valorize as pessoas, que as liberte dos ditadores das soluções únicas, das imposições autoritárias em qualquer campo, principalmente no emocional. Que ajude a aprender a desconfiar de modelos fechados, de caminhos únicos, de ideologias opressoras, de salvadores messiânicos. Não há soluções perfeitas, acabadas, mas soluções possíveis em cada momento, relativas, parciais, mas cada vez mais amplas, complexas e estimulantes. É importante propor caminhos de aprender a libertar-se, a fazer escolhas cada vez mais libertadoras, ajudados por pessoas-educadoras que caminham também nesse mesmo processo de liberdade.
Além das dimensões sociais, o objetivo último da educação é contribuir para a mudança e realização pessoais. Todas as formas de educação – familiar, escolar, profissional, informal, continuada – procuram que cada de um de nós consiga aprender a desenvolver-se como pessoa em cada fase das nossas vidas. E podemos avaliar esse processo pelo impacto e resultados que conseguimos pessoalmente: O quanto cada um de nós gosta de estar sempre aprendendo, evoluindo, praticando, melhorando intelectualmente, emocionalmente, comportamentalmente. O investimento em educação terá valido a pena se cada um de nós se transforma em uma pessoa interessante, afetiva, colaborativa, criativa, realizada. Terá valido a pena se construímos percursos de vida significativos, com contribuições perceptíveis no campo pessoal, familiar, profissional e social.
Texto complementar do meu livro A educação que desejamos: novos desafios e como chegar lá, da Editora Papirus

Um comentário:

Amigas Gastroplastizadas disse...

Olá, meu nome é Betânia, eu sou amiga da -Bett malvada- e gostaria de tê-la em
minha lista de seguidores.O intuíto deste blog como é o seu tb, é o de ter o maior
número de pessoas que fizeram ou desejam fazer a gastroplastia aqui no DF .
Com isso o seu blog será colocado no site " amigagastroplastizadas"
que é um projeto, no qual o DR. Lucas aceitou participar nos entregando material
de pesquisa e sendo um dos apoiadores do SITE.

O site ainda está em desenvolvimeto, mas poderá ser visto no endereço:

http://betaniaarte.site90.com/gastroplastia/index.html

O blog ( amigas gastroplastizadas) é pessoal, mas o site será para todas as
pessoas terem informações e entrevista com o Dr. Lucas.

Endreço do Blog:
http://amigasgastroplastizadas.blogspot.com/

Equipe do Site:

*Dr. Lucas seixas
*Bett mavalda
*Betânia


Dia 28/04 estaremos na reunião que será:

A Equipe multidiciplinar do Dr. Lucas Seixas Docas Júnior oferece uma reunião toda PRIMEIRA segunda-feira do mês, com médicos cirurgiões, psicólogos e nutricionistas,com a equipe multidisciplinar: Psicologia, Nutrição, Fonoaudiologia (aula sobre mastigação); educação física;

E toda ÚLTIMA terça do mês o próprio Dr. Lucas explicando tudo relacionado a cirurgia bariátrica e sobreo "Tratamento Cirúrgico da Obesidade Severa".


Endereço: SGAS - Av L2 Sul - Quadra 613/614 - Lote 95 - Sala 208.
Horário: sempre às 20:00 horas.

Abraços
Contamos com vc.